Cinco cidades da região estão entre as 100 melhores para se investir, segundo Revista Exame. Barueri é a 4° do Brasil

Prefeito de Barueri Gil Arantes (2013-2016) em Foto de Júnior Holanda clicada no Aniversário da Cidade de Barueri no dia 26.03.2014.

Prefeito de Barueri Gil Arantes (2013-2016) em Foto de Júnior Holanda clicada no Aniversário da Cidade de Barueri no dia 26.03.2014.

 

alphaville 05.04.2014  Foto de Júnior Holanda

BARUERI 65 ANOS BULEVAR 01

BOA TARDE BARUERI ! Ponte Estaiada 28.04.2014 16.00hrs

BOM DIA BARUERI ! camara municipal bandeiras 29.04.2014

BOM DIA BARUERI ! praça estudante 29.04.2014

Erica Celestini
(cotidiano@webdiario.com.br)

Cinco das 100 cidades brasileiras com maior potencial para receber novos empreendimentos estão na região Oeste da Grande São Paulo. O ranking dos melhores municípios do Brasil, com mais de 100 mil habitantes, para negócios foi elaborado pela Revista Exame e divulgado esta semana. Ele traz uma nota atribuída a cada um deles a partir de 27 indicadores, que vão de dados econômicos aos de Saúde, Educação e Transporte e, que tem valor máximo de 34.

 

Nessa lista, liderada por Vitória, no Espírito Santo, que teve nota 17,36, o destaque regional ficou para Barueri, na 4ª colocação. Com índice 15,45, a cidade só fica atrás da líder, de Paraupebas (no Pará, com 16) e Curitiba (no Paraná, com 15,53). Santana de Parnaíba integra o ranking na 22ª posição, com nota 13,37. Itapevi aparece no 48º lugar, com 12,33. Já Cotia é a 72ª colocação, com nota 11,70, enquanto Osasco é a 87ª melhor cidade brasileira para se investir, com nota 11,43.

 

Ao aparecerem nesse ranking, as cidades da região também passam a figurar em um grupo formado por cidades que exibem vários indicadores acima da média nacional. O PIB per capita nesses 100 municípios é de, em média, R$32,7 mil, contra R$21,1 mil da média do País. Eles também possuem 4,4% de suas famílias na classe A, contra um índice nacional de 2,8%. Além disso, nessas 100 cidades, 22% dos trabalhadores formais têm curso superior, enquanto a média nacional é de 18%. O índice de coleta de esgoto é de 51%, acima dos 48% no País. E o número de leitos hospitalares por mil habitantes é de 3,5, contra 2,6 no restante do Brasil.

 

Dentre os indicadores usados para a elaboração da lista estão as evoluções do PIB e do Índice de Desenvolvimento Humano; o crescimento do número de empresas com mais de mil empregados e de empregos formais; número de agências bancárias; crescimento da frota de automóveis e percentual de conexões de banda larga fixa acima de 12 Mbps.

Fonte: Jornal Diário da Região  http://www.webdiario.com.br/?din=view_noticias&id=84335

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: