Arquivos Mensais: setembro \28\UTC 2010

Vantagem de Dilma sobre a soma dos adversários cai a 2 pontos, diz Datafolha

Fonte e Arte: Jornal Folha de São Paulo

A seis dias da eleição, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, já não tem mais garantida a vitória em primeiro turno, revela nova pesquisa Datafolha realizada ontem em todo o país.

Segundo o levantamento, Dilma agora perde votos ou oscila negativamente em todos os estratos da população.

Nos últimos cinco dias, Dilma perdeu três pontos percentuais entre os votos válidos que decidirão o pleito. Ela recuou de 54% para 51% _e precisa de 50% mais um voto para ser eleita.

Acompanhe a Folha Poder no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

Como a margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, Dilma pode ter 49% dos votos válidos. Ou 53%, o que a levaria ao Planalto sem passar por um segundo turno eleitoral.

Ainda considerando os votos válidos, o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, apenas oscilou positivamente, de 31% para 32%.

Marina Silva, do PV, também oscilou positivamente dentro da margem de erro. Passou para 16%, ante os 14% que tinha na última pesquisa, realizada entre os dias 21 e 22 de setembro.

Houve queda ou oscilação negativa para a candidata escolhida pelo presidente Lula para sucedê-lo em todos os estratos da população, nos cortes por sexo, região, renda, escolaridade e idade.

Uma das maiores baixas (queda de 5% nas intenções de voto) se deu entre os que ganham de 2 a 5 salários mínimos (entre R$ 1.020,00 e R$ 2.550,00). Cerca de 33% da população brasileira se encaixa nessa faixa de renda.

Dilma vem perdendo votos desde a segunda semana de setembro. Foi quando o escândalo envolvendo tráfico de influência na Casa Civil levou ao pedido de demissão de sua ex-principal assessora, Erenice Guerra.

De lá para cá, o total das inteções de voto em Dilma caiu de 51% para 46%. Já a soma de seus adversários subiu de 39% para 44%.

Considerando somente os votos válidos, a diferença entre Dilma e os demais candidatos despencou de 14 pontos há duas semanas para dois pontos agora.

A pesquisa mostra também que houve forte “desembarque” da candidatura Dilma entre as mulheres (queda de 47% para 42%) e entre os eleitores mais escolarizados, com curso superior.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Serra, a vantagem da petista também caiu. No levantamento anterior, Dilma tinha 55% das intenções de voto. Agora, tem 52%. Serra, que antes tinha 38%, agora tem 39%.

+ Notícias sobre eleições

Fonte: Jornal Folha de São Paulo

Fieb abre inscrições para o ano letivo de 2011

A Fundação Instituto de Educação de Barueri (Fieb) realizará inscrições para o processo seletivo (vestibulinho) das seis unidades do instituto Técnico de Barueri (ITB), oferecendo vagas para os cursos técnicos na forma integrada (tarde), concomitante e subsequente (noite).

Para a E.E.F.M.T. Professora Maria Theodora Pedreira de Freitas (Alphaville) e E.E.F.M.T. Professora Dagmar Ribas Trindade (Jardim Maria Cristina), haverá processo seletivo vestibulinho para alunos que desejem ingressar a partir do 2º ano do Ensino Fundamental. As vagas oferecidas para o 1º ano do Ensino Fundamental serão preenchidas por sorteio público. As inscrições para participar do vestibulinho do ITB e do sorteio de vagas ocorrem no período de 27 de setembro a 27 de outubro.

Técnica de Nível Médio

Esta modalidade de ensino é oferecida nas unidades do ITB e na E.E.F.M.T.  Profª Dagmar Ribas Trindade, e oferece os cursos de Administração, Análises Químicas, Contabilidade, Design de Interiores (somente subsequente), Edificações, Eletroeletrônica, Hospedagem, Informática, Informática para Internet, Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Redes de Computadores, Secretariado, Segurança do Trabalho (somente subsequente) e Telecomunicações.

A taxa de inscrição é de R$ 30,00. A inscrição pode ser feita pela internet em http://www.fieb.edu.br, que, após o preenchimento dos dados, gera um boleto para pagamento na rede bancária. O Manual do Candidato fica disponível para consulta e download no site da Fieb. O candidato que não possui acesso à internet pode realizar a sua inscrição no postos de atendimento localizados nas unidades do ITB do Engenho Novo, Jardim Belval, Jardim Mutinga e Jardim Paulista. O horário de atendimento é das 8 às 20 horas.

A prova será realizada no dia 7 de novembro às 8h30, e tem duração de três horas. Serão 50 questões que compreendem o conteúdo de Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico.

Confira as unidades, cursos e endereços:

ITB Brasílio Flores de Azevedo

Av. Grupo Bandeirante, 238, Jardim Belval

Cursos: Design de Interiores (subsequente), Edificações, Eletroeletrônica, Hospedagem, Informática e Telecomunicações

ITB Professor Munir José

Estrada Velha de Itapevi, 2679, Jardim Paulista

Cursos: Administração, Secretariado, Segurança do Trabalho (subsequente) e Redes de Computadores

ITB Professora Maria Sylvia Chaluppe Mello

Rua do Engenho Novo, 138, Engenho Novo

Cursos: Análises Químicas, Informática para Internet e Logística

ITB Professor Hércules Alves de Oliveira

Rua Abelardo Luz, 850, Jardim Mutinga

Cursos: Administração (concomitante e subseqüente) e Informática

ITB Professor Moacyr Domingos Sávio Veronezi

Rua Tomé de Souza, 259, Parque Imperial

Cursos: Logística e Manutenção e Suporte em Informática

ITB Professor Antonio Arantes Filho

Estrada das Pitas, 799, Parque Viana

Cursos: Contabilidade e Informática

EEFMT Professora Dagmar Ribas Trindade

Rua Porchat, 277, Jardim Maria Cristina

Fonte: Site Prefeitura Municipal de Barueri

Assaltantes de banco fogem pelo metrô

Trio rendeu funcionários, vigias e clientes de agência na Avenida Paulista, roubou R$ 169,7mil e escapou pela Estação Consolação.

Josmar Jozino JORNAL DA TARDE – O Estado de S.Paulo

Armados de pistolas de brinquedo, três homens entraram ao meio-dia de ontem no Banco Santander da Avenida Paulista, 2.200, renderam vigilantes, funcionários e clientes e roubaram R$ 169,7 mil dos caixas. Segundo policiais militares, o assalto durou 10 minutos e os criminosos fugiram pela Estação Consolação, da Linha 2-Verde do Metrô. A Companhia do Metropolitano, no entanto, não confirma nem desmente essa informação.

Era horário de almoço. Pelo menos 12 clientes estavam na agência quando dois homens vestidos de roupas sociais – um deles usando terno – passaram normalmente pela porta giratória, entraram no banco e foram direto à mesa da gerente Rafaella Ferreira Leite.

Logo em seguida, surgiu outro rapaz, com trajes esportivos. Porém, ao passar pela porta giratório, o alarme foi acionado e o equipamento travou. Ele tirou do bolso dois telefones celulares e, depois disso, o vigilante Jefferson Carlos Lima dos Santos, de 31 anos, liberou o acesso.

Porém, assim que entrou na agência, o rapaz sacou uma pistola prateada da cintura, rendeu Santos e o vigilante Carlos Antonio da Silva, de 55 anos, e anunciou o assalto. O ladrão tomou os revólveres calibre 38 dos vigias. Na mesa da gerente, um dos homens trajando roupas sociais também sacou uma pistola preta e apontou a arma para a funcionária e a ameaçou.

O terceiro assaltante foi aos caixas e exigiu dinheiro. Ele recolheu R$ 169.764,91. O dinheiro foi colocado numa sacola. Funcionários e clientes do banco ficaram apavorados. Os vigias estavam convictos de que a pistola prateada era de brinquedo. Mas, como tiveram os revólveres roubados, nem pensaram em reagir.

Fuga. Os criminosos saíram tranquilamente pela porta giratória. A Polícia Militar foi acionada. Os soldados Tierno Ribeiro de Oliveira, de 25 anos, e Laércio Maia de Souza, de 24 anos, da 1.ª Companhia do 7.º Batalhão, foram os primeiros a chegar ao banco. Testemunhas disseram aos PMs que os ladrões entraram na Estação Consolação e fugiram de metrô.

Já a Companhia do Metropolitano informou ontem que um grupo de policiais militares fez uma varredura nas estações da Linha 2-Verde e não encontrou nenhum assaltante. A Assessoria de Imprensa da empresa disse que não tinha como confirmar nem desmentir se os ladrões entraram mesmo na Estação Consolação.

A Assessoria de Imprensa do Banco Santander divulgou nota informando que não poderia se manifestar sobre o caso para não atrapalhar as investigações policiais em andamento.

O roubo foi registrado no 78.º Distrito Policial (Jardins) pelo delegado Rodrigo Fiacadori. O policial disse que solicitou do banco as fitas com imagens do circuito de segurança para tentar identificar os ladrões. O Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) também apura o caso.

Além do assalto a banco, quadrilhas que agem na Avenida Paulista e no centro de São Paulo fazem vítimas fora das agências, na modalidade de crime conhecida como saidinha de banco. Nesses casos, os ladrões costumam usar as estações de Metrô como rotas de fuga, para escapar mais facilmente e se misturar às pessoas que esperam nas plataformas.

Bancos não se responsabilizam por crimes ocorridos fora das agências e o Metrô não pode deter a fuga, pois o crime não é cometido dentro das estações.

Fonte: Jornal O Estado de São Paulo – Estadão